Sementes de Abóbora: Ricas em proteínas e minerais


São ricas em ácidos graxos mono e poli-insaturados e vitaminas E e do complexo B, além de terem baixos teores de açúcares livres e amido, grande quantidades de minerais, como magnésio, potássio e ferro e outras substâncias ainda desconhecidas.

As sementes de abóboras possuem grande quantidade de substâncias capazes de proporcionar benefícios à saúde, prevenindo ou tratando doenças ou mesmo favorecendo o funcionamento do organismo, que são denominadas de compostos bioativos. Porém, possuem também substâncias antinutricionais, que podem interferir na digestibilidade e absorção dos nutrientes ou serem tóxicas, dependendo da quantidade em que são consumidas.

As sementes de abóbora (Cucurbita moschata) podem ser consideradas fontes de proteínas, lipídios e fibras por possuírem, em média, 32-40, 44-50 e 23-27% destes macronutrientes, respectivamente.
Quanto a digestibilidade das proteínas presentes nas sementes, as sementes cruas apresentam a menor digestibilidade proteica (45,84%), enquanto as cozidas em água por 10 minutos apresentaram a maior (72,48%).

As sementes de abóboras possuem compostos bioativos e antinutricionais, tais como ácidos graxos essenciais, tocoferóis, carotenoides, compostos fenólicos, fitosteróis, cucurbitacinas, cianetos, inibidores de tripsina e saponinas.

Sabendo que o consumo regular dos compostos bioativos traz inúmeros benefícios à saúde, e que o tratamento térmico, principalmente o cozimento, reduz a quantidade dos compostos antinutricionais, segue algumas dicas para o consumo dessa poderosa semente:

Dicas para preparo e consumo:

Cozinhe as sementes por 10 min: O cozimento das sementes em água em ebulição por 10 minutos reduz o cianeto e saponinas, além disso, aumenta a digestibilidade das proteínas.

Asse as sementes: o calor reduz a quantidade dos fatores antinutricionais.
Você pode tostá-las na frigideira, cuidando para não queimar, ou diretamente no forno. Uma sugestão é utilizar a receita disponível aqui.


REFERÊNCIAS:

NAVES, Luciana de Paula et al . Nutrientes e propriedades funcionais em sementes de abóbora (Cucurbita maxima) submetidas a diferentes processamentos. Ciênc. Tecnol. Aliment.,  Campinas ,  v. 30, supl. 1, p. 185-190,  May  2010 .   Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612010000500028&lng=en&nrm=iso>. access on  16  Oct.  2016.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-20612010000500028.

NAVES, Luciana de Paula et al . Componentes antinutricionais e digestibilidade proteica em sementes de abóbora (Cucurbita maxima) submetidas a diferentes processamentos. Ciênc. Tecnol. Aliment.,  Campinas ,  v. 30, supl. 1, p. 180-184,  May  2010 .   Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612010000500027&lng=en&nrm=iso>. access on  16  Oct.  2016.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-20612010000500027


Outros post interessantes

0 comentários